Jabuti

Guitarrista, Cantore compositor

Certas coisas precisam de tempo, especialmete quando se trata de Jabuti. Gilberto Miranda Fonteles.alias Jabuti, adotou esse codnome que um professor de sua escola lhe colocou por brincadeira. Nascido em Parnaiba-Piaui, Brasil, cresceu em um ambiente musical juntamente com seus dez irmãos e irmãs. Assimilou de seu irmão mais velho, Alcione, os primeiros acordes de violão e começou-a escrever suas primeiras canções junto com sua irmã Zeze.


Em 1976, mudou-se para Fortaleza para cursar Químida Industrial, na UFC. Vivendo em Fortaleza, ficou fascinado pela vida boêmia na praia de Iracema e rapidamente fez estreita amizade com outros músicos compositors, entre eles: Amaro Pena e Felipe Cordeira. Após alguns anos, formou a sua própria banda e junto com ela produziu seu primeiro disco "Cria do Mundo". Em 1989 mudou-se para Teresina-Piaui para fazer a direção musical da "Banda Onix", com a qual excursionou pelo Brasil por cinco anos e participou, fazendo arranjos de direção, de dois CDs. Em 1995 Jabuti sentiu que era hora de seguir seu sonho de viajar. Este lhe conduziu, primeiramente a Paris e após seis meses, a Berlim, Alemanha. Carregando não muito mais do que sua guitarra e sua música, decidiu-se estabelecer-se por lá, após conhecer Celso Baquil e Ivan Ferraro, cujas poesias llhe inspiraram a trabalhar em novas canções.


No do outono de 1996, foi apresentado pelo seu amigo baixista Jorge Degas ao produtor discográfico alemão Wolfgang Loos. Loos convidou-o ao estúdio e após a primeira sessão decidiram-se prontamente produzir junto um album completo. Este album consiste em parte de seu trabalho do início de sua carreira até a época da gravação deste .


Em 1998 ao retornar por 1 ano ao Brasil, aproveitou a temporada para rever família e velhos amigos, sem deixar, claro, de fazer algumas apresentaçoes pelo Ceará e Piauí e participar também de gravaçoes.

Ao retornar em 1999 à Alemanha, após um breve período de readaptação, continuou fazendo sua carreira, apresentando-se em teatros, clubes e festivais. Nessa trajetória, reencontrou seu amigo Abrão Dutra, com o qual já tinha feito alguns shows na sua primeira estadia em Berlin. Com ele formou o “AJADUO.

AJA é a síntese dos nomes Abrão e Jabuti. AJADUO funcionou muito bem, por sua mobilidade, pelo fato de se tratar apenas de duas pessoas, facilitando assim as várias excussões feitas pela Italia, Austria, Espanha e países do Leste Europeu, como República Tcheca, Polônia, Bulgária, etc. Após algum tempo de aprimoramento e adaptação dos arranjos para essa pequena formação (Violão e percussão), veio a ideia de registrar esse trabalho. Daí veio, em 2003, pruduzido pela JR Productions, o CD AJADUO – Brazil forever – o qual foi muito bem aceito pelo público europeu. Sua primeira tiragem de 1000 exemplares se esgotou nos primeiros seis mêses, apenas nas vendas em apresentações.


No momento Jabuti, além de está trabalhando no segundo CD do AJA, planeja gravar seu seu primeiro projeto instrumental, que deverá ser lançado por uma gravadora e editora berlinense em meados de 2006.